TEM PESSOAS QUE AMAM AS PESSOAS ENQUANTO ELAS TEM UTILIDADE EM NOSSAS VIDAS MAS O AMOR NAO É ISTO. VOCE PODE DEIXAR DE CAMINHAR , NAO PODE FAZER MAIS A COMIDA FAVORITA PRA SUA FAMILIA. É AI QUE SOBRA O AMOR. A HORA QUE PASSA A NOSSA UTILIDADE QUE ENCONTRAMOS QUEM NOS AMA. QUANDO EU DEIXO DE SER ATRATIVO NA VIDA DAS PESSOAS PERSISTIRA O AMOR. SE VOCE PERDER OS SEU TALENTOS , ACREDITE, QUE ENQUANTO SOBRAR AQUILO QUE VOCE É, VAI SOBRAR O SEU VERDADEIRO SIGNIFICADO COMO PESSOA. O QUE VOCE FAZ É O SEU VERDADEIRO SIGNIFICADO. O QUE A GENTE FAZ É MAIOR DO QUE AS PESSOAS PENSAM DE NÓS. A FÉ
SuellyMárquêz

Google

Posts Recentes



Créditos

Blogger

Meiroca

Haloscan

Photobucket

Imageshack

Freebie
 

 

quinta-feira, agosto 20, 2009

Capital mundial do LIVRO.






A UNESCO nomeou Beirute a Capital Mundial do Livro para 2009, em reconhecimento do seu engajamento no incentivo à leitura. Segundo informou a UNESCO, a capital libanesa foi escolhida particularmente “por sua implicação em matéria de diversidade cultural de diálogo e de tolerância, e também pela variedade e o caráter dinâmico de sua programação”.

A Associação Cultural Brasil-Líbano estimulada por essa importante indicação da UNESCO, elaborou o presente projeto visando apresentar ao público brasileiro, a cidade de Beirute – Capital Mundial do Livro – 2009 pela sua grande importância histórica e cultural.

Fundada pelos fenícios no século XV aC., Beirute foi ocupada por gregos, romanos que a chamaram “Júlia Augusta” – e bizantinos. Na era romana, a Escola de Direito de Beirute deu luz às letras jurídicas, cognominada Beirute Mãe das Leis. Entre seus mestres estiveram os juristas Ulpiano e Papiniano.

Biblos, a cidade habitada mais antiga do mundo, teve a primeira escola que a Humanidade tem memória, tendo sido fundada pelos fenícios, inventores do alfabeto, alicerce da cultura universal. Em Biblos a indústria do livro prosperou tanto que seus produtos até os nossos dias levam nomes derivados dela, tais como: bíblia, biblioteca, bibliografia, bibliogênese, etc. Em 1920 Beirute tornou-se capital e maior cidade do Líbano. Em 1999 foi consagrada pela UNESCO Capital Cultural do Mundo Árabe, por sua importância cultural no Oriente Médio. Sua população atual é de cerca de 2.000.000 habitantes. Correspondendo à antiga Fenícia, localiza-se no cruzamento de três continentes: Europa, Ásia e África. Todas as civilizações ali se encontram e não deixam de misturar nela suas influências. A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, tradicional parceira da Associação Cultural Brasil-Líbano, lançará selo alusivo à data, cuja estampa focalizará um dos mais célebres e consagrados filósofos, escritor e pintor do século XX, Gibran Khalil Gibran. Vale lembrar a grande influência da cultura libanesa na formação da cultura brasileira, através da incorporação de seus elementos na música, arquitetura, literatura, culinária e na própria língua portuguesa. O Brasil será o primeiro país do mundo a realizar esta homenagem, principalmente pelo fato do maior núcleo de libaneses e descendentes do mundo aqui se encontrar. O visitante será levado a uma viagem imaginária pelo tempo, visitando cenários onde foi construída tão sólida cultura.

 

5 Comments:

Blogger Mônica said...

Que Chique1 Eu não sabia! Estou dorando aprender com você.
Com carinho Monica

24 de agosto de 2009 11:07  
Blogger  said...

Onde estará minha irmã???
saudades Su, muita saudades!
Beijos!
Rosane!

24 de agosto de 2009 16:21  
Blogger  said...

Olá minha querida irmã!

O líbano é o maior leitor de Paulo coelho, eu não sabia meu filho quem me contou. Não sabia dessa notícia.

Su, estou preocupada com você. a dias que não recebo nada seu, você está bem? Me mande notícias por favor. E não se esqueça de mim eu sou tão grata pelo carinho e pela dedicaçõa que você tem e teve por mim, principalmente nas horas que mais precisei de ti.
Beijos com saudades e preocupação!

25 de agosto de 2009 08:23  
Blogger Mônica said...

Sueli
Eu gosto muito do seu comentário. Estou aguardando noticias suas.
Com carinho sua amiga Monica

25 de agosto de 2009 18:56  
Blogger Luma said...

Suelly, vou te deixar uma mensagem que gosto muito, espero que goste!

(Trecho da mensagem A vontade de Deus e as contradições da vida, pregada no 11º Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil - Pr Silas Malafaia)

As promessas do Senhor são confiáveis e infalíveis.
Entretanto, muitas pessoas que enfrentam situações difíceis enquanto esperam que aquilo que Deus prometeu cumpra-se em sua vida, costumam perguntar:

“Por que as promessas do Senhor não se realizam da maneira como desejamos, e no tempo que achamos ideal, propício?”.
Elas não entendem porque às vezes as circunstâncias caminham na contramão das vitórias que Deus prometeu.
Quando você estiver passando por adversidades, lembre-se de que “todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados pelo seu decreto” (Romanos 8.28).
Mesmo que a vida delineie diante de você um panorama de adversidades, de contradições, de situações conflitantes e difíceis, mantenha-se firme na fé, jamais duvide das promessas e da fidelidade do Senhor. Continue confiante no plano de Deus para sua vida, mesmo sentindo que uma forte ventania e uma grande tempestade o têm envolvido. De acordo com as promessas de Deus, era para estar soprando uma brisa suave. Mas não se deixe abalar.
Se o vento é fortíssimo e atrapalha a sua caminhada, não se esqueça de que você tem promessas de Deus, e que Suas promessas não falham. Tudo o que está acontecendo agora é circunstancial, é momentâneo. As dificuldades cessarão.
Mesmo que você esteja debaixo da correção de Deus, não deve esquecer que o Senhor é bom, e que as suas misericórdias duram para sempre. O salmista Davi nos chamou a atenção para isto: “Porque não passa de um momento a sua ira; o seu favor dura a vida inteira. Ao anoitecer pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã” (Salmos 30.5-6, ARA).
As promessas do Senhor são infalíveis. Espere com fé, pois Ele não se esqueceu de você. Em Isaías 55.8, o Senhor diz:
“Porque os meus pensamentos são mais altos do que os vossos pensamentos”. (Isaías 55.8)
As circunstâncias adversas que surgem antes que as promessas de Deus se cumpram têm que ser consideradas segundo a ótica de Deus, e não segundo a visão limitada do ser humano. Não sabemos nem temos a capacidade de pensar como Deus. Somente após uma entrega total de nossa vida a Jesus é que poderemos “ter a mente de Cristo” (1 Coríntios 2.16).
Só então entenderemos porque a vontade de Deus prevalece acima das contradições da vida.

Fica bem!! Beijus

25 de agosto de 2009 21:05  

Postar um comentário

<< Home