TEM PESSOAS QUE AMAM AS PESSOAS ENQUANTO ELAS TEM UTILIDADE EM NOSSAS VIDAS MAS O AMOR NAO É ISTO. VOCE PODE DEIXAR DE CAMINHAR , NAO PODE FAZER MAIS A COMIDA FAVORITA PRA SUA FAMILIA. É AI QUE SOBRA O AMOR. A HORA QUE PASSA A NOSSA UTILIDADE QUE ENCONTRAMOS QUEM NOS AMA. QUANDO EU DEIXO DE SER ATRATIVO NA VIDA DAS PESSOAS PERSISTIRA O AMOR. SE VOCE PERDER OS SEU TALENTOS , ACREDITE, QUE ENQUANTO SOBRAR AQUILO QUE VOCE É, VAI SOBRAR O SEU VERDADEIRO SIGNIFICADO COMO PESSOA. O QUE VOCE FAZ É O SEU VERDADEIRO SIGNIFICADO. O QUE A GENTE FAZ É MAIOR DO QUE AS PESSOAS PENSAM DE NÓS. A FÉ
SuellyMárquêz

Google

Posts Recentes



Créditos

Blogger

Meiroca

Haloscan

Photobucket

Imageshack

Freebie
 

 

sexta-feira, junho 12, 2009

Cativar

Amar, querer a amizade,cativar, ganhar a simpatia, é sempre uma atividade gratificante.
O convite para o café com bolo, um telefonema logo cedo,o sorriso aberto, o elogio, tudo faz parte do “cativar”, do seduzir, e que acontece a todo momento, seja entre colegas, amigos, casais, pais e filhos.
Em comunidades então, é frequente o ato, mais inconsciente do que consciente, de cativar.
Esse é o grande problema! E que fez com que a citação
de Antoine de Saint-Exupéry - “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.”
se tornasse conhecida e citada aos Quatro ventos .
Deixamos de perceber, por exemplo, que ao darmos umo nosso numero de telefone, ou nosso email , fazemos uma ação de cativar, de nos aproximar. É mais do que um pedaço de papel que estamos entregando. Estamos dizendo:
“Olha, meu telefone está aqui! Me liga!”
Em comunidades quer condomínios residenciais ou outros tipos de moradias, é importante o ato de cativar conscientemente.
E ate mesmo com a nossa vizinhança.Mas isto tem tornado cada dia mais distante de ocontecer.
Há pessoas que moram ao lado de sua casa e nunca disseram: Bom Dia!
Mas o que deveria ser melhor: seria quando fazemos um bolo, um pão, e levamos ao nosso vizinho, estamos procurando ser cativantes, conquistar a simpatia. Precisamos participar para sermos cativantes e deixarmos que nos cativem.
Quando buscamos cativar, fica implícito que buscamos um relacionamento. Ao chamar alguém pra conversar, pra bater um papo ou tomar um chope, estou, naturalmente, me colocando a disposição pra conversar, pra tomar um chope. Não posso dizer: “Desculpe, eu chamei mas não posso ir.”
Nesta questão Não somos responsáveis, apenas, por aquilo que cativamos.
Somos, também, responsáveis por aquilo que não cativamos.
Se me sinto só, sou o responsável pelas amizades que não cativei.
Tão gostoso quanto cativar é perceber que estamos sendo cativados. É uma sensação muito boa, que massageia o ego e aumenta a nossa auto-estima. E as vezes vem de forma tão inesperada, que nos assustamos e ficamos sem ação, como estatuados.
Então, a ordem do dia é “cativar”. Cativar a esposa, a namorada; os filhos, sua familia ; seus ajudantes domesticos, o colega de trabalho que fica no final do corredor e que nunca falamos com ele; o vizinho, da esquina; o guarda noturno; o vigia e o zelador do prédio; o amigo que não vemos e não falamos há mais de 1 ano; o irmão, que a distância separou.
Cativa, cativa sempre!
Eu, da minha parte,só posso lhes dizer :
Obrigado por permitir partilhar com voces momentos tão exclusivos.
Voces me cativaram!

 

6 Comments:

Blogger Carolina Arêas said...

Suely,

você lembrou, com este seu texto, que o ato de cativar vem de gestos muito simples e gostosos, como chamar para um café com bolo e dar bom dia a quem cruza nosso caminho. Adorei!

beijos.

13 de junho de 2009 08:07  
Blogger Mônica said...

O Pequeno Principe, foi muito lido por mim.
Voce já cativou a minha amizade quando enviou o bilhetinho. Tão lindos !
Agradeço por ler minhas coisinhas. São tão verdadeiras que tenho medo de descobrirem meu segredo.
Com carinho Monica
Passe sempre por lá quando tiver um tempinho.
Tem sempre café com pão de queijo.

14 de junho de 2009 17:54  
Blogger Andrea said...

Suely,lindo post com uma mensagem tão importante ..
Um beijão pra vc

14 de junho de 2009 20:28  
Blogger Mônica said...

Suely
Voce me cativou indo me visitar. seja bem vinda sempre.
Com carinho Monica

15 de junho de 2009 14:04  
Blogger  said...

Que lindo texto cheio de romântismo.

Hoje estou muito feliz faço 54 anos de vida, e agradeço a deus por pela minha vida e a de todos vocês que eu amo e avocê minha irmã de coração.
Te a mo Su, um grande beijo!

15 de junho de 2009 17:30  
Blogger Rita de Cassia said...

Querida, você é imensamente cativante, sempre tão atenciosa... que bom tê-la.
Aqui as chuvas deram uma trégua, ainda bem, porque fiz uma lavação lá em casa. Lavei TUDO!!! Mas, passam os dias e roupa suja, lençóis, toalhas... e cá estou eu novamente torcendo por mais um sábado de sol. Sem falar que o danadinho do rio que passa aqui perto está CHEIO!!!!! Mas tudo vai dar certo! Como sempre deu não é mesmo?
Fique com Deus
bj bj bj

19 de junho de 2009 10:34  

Postar um comentário

<< Home