TEM PESSOAS QUE AMAM AS PESSOAS ENQUANTO ELAS TEM UTILIDADE EM NOSSAS VIDAS MAS O AMOR NAO É ISTO. VOCE PODE DEIXAR DE CAMINHAR , NAO PODE FAZER MAIS A COMIDA FAVORITA PRA SUA FAMILIA. É AI QUE SOBRA O AMOR. A HORA QUE PASSA A NOSSA UTILIDADE QUE ENCONTRAMOS QUEM NOS AMA. QUANDO EU DEIXO DE SER ATRATIVO NA VIDA DAS PESSOAS PERSISTIRA O AMOR. SE VOCE PERDER OS SEU TALENTOS , ACREDITE, QUE ENQUANTO SOBRAR AQUILO QUE VOCE É, VAI SOBRAR O SEU VERDADEIRO SIGNIFICADO COMO PESSOA. O QUE VOCE FAZ É O SEU VERDADEIRO SIGNIFICADO. O QUE A GENTE FAZ É MAIOR DO QUE AS PESSOAS PENSAM DE NÓS. A FÉ
SuellyMárquêz

Google

Posts Recentes



Créditos

Blogger

Meiroca

Haloscan

Photobucket

Imageshack

Freebie
 

 

terça-feira, janeiro 20, 2009

Obama: o mito vai passar à realidade
Acabou a espera. Barack Obama torna-se, nesta terça-feira, o 44º presidente dos Estados Unidos. O primeiro negro a ocupar a Casa Branca foi cercado por uma aura mitológica que, se o ajudou a ganhar as eleições, também o pressiona a fazer um governo correspondente às expectativas. O The New York Times diz que “Obama expôs ideias sobre seu governo bem antes de tomar posse, mas também adaptou detalhes de seus planos ao sabor das condições momentâneas”. Pode parecer insegurança, mas também flexibilidade de um líder que sabe a grande responsabilidade que tem pela frente. O colunista do diário Financial Times Gideon Rachman lembra que o próprio Obama, em seu livro A Audácia da Esperança, se qualifica como “uma tela branca na qual pessoas de vários matizes políticos projetam suas visões”.conquistou lugar na atenção do público: a observação de que, apesar de toda a discórdia e luta manifestas na história da América enquanto nação, o seu povo foi sempre guiado por um optimismo indestrutível quanto ao futuro, a que o senador Obama chama «a audácia da esperança».
Neste livro Obama apela a uma forma diferente de fazer política – uma política para aqueles que estão cansados da partidarização amarga que se pode ver nas campanhas eleitorais; uma política enraizada na fé, na inclusão e na nobreza de espírito que residem no âmago da «nossa improvável experiência democrática».
Senador e advogado, professor e pai, cristão, céptico e, acima de tudo, estudioso da história e da natureza humanas, Obama escreveu um livro com potencial transformador. Só regressando aos princípios de que emanou a Constituição, afirma, conseguirão os americanos reparar um processo político que não está a funcionar e devolver ao pleno funcionamento um governo que perdeu perigosamente o contacto com milhões de cidadãos comuns. Estes americanos andam por aí, escreve, «à espera que republicanos e democratas estejam à sua altura».
Agora, nesta tela vão passar muitos desafios...

 

3 Comments:

Blogger Meiroca said...

Querida, nem sei o que penso, tenho medo. Tomara que ele consiga nos tirar deste buraco negro.
Bjs

20 de janeiro de 2009 16:41  
Blogger Márcia(clarinha) said...

Os desafios são inúmeros mas Obama vai dizer pra que veio, que Deus o ilumine, amém.
lindo dia, flor
beijos

21 de janeiro de 2009 11:38  
Blogger  said...

Olá minha linda!

amei esse post e só dizer amém!

Que Deus o ilumine para que tudo posso ser feito segundo a sua vontade.

Adorei seu e-mail obrigada pela indicação, meu esposo conheceu o Mosteiro, quando trabalhou há alguns anos em Uberaba,frequentava a missa sempre que estava por aí, e disse que é lindo.

Beijos minha irmã, por aqui com a graça de Deus e todoas as orações de vocês está cada dia melhor.
Muito obrigada! Deus lhe abençoe!

21 de janeiro de 2009 16:11  

Postar um comentário

<< Home