TEM PESSOAS QUE AMAM AS PESSOAS ENQUANTO ELAS TEM UTILIDADE EM NOSSAS VIDAS MAS O AMOR NAO É ISTO. VOCE PODE DEIXAR DE CAMINHAR , NAO PODE FAZER MAIS A COMIDA FAVORITA PRA SUA FAMILIA. É AI QUE SOBRA O AMOR. A HORA QUE PASSA A NOSSA UTILIDADE QUE ENCONTRAMOS QUEM NOS AMA. QUANDO EU DEIXO DE SER ATRATIVO NA VIDA DAS PESSOAS PERSISTIRA O AMOR. SE VOCE PERDER OS SEU TALENTOS , ACREDITE, QUE ENQUANTO SOBRAR AQUILO QUE VOCE É, VAI SOBRAR O SEU VERDADEIRO SIGNIFICADO COMO PESSOA. O QUE VOCE FAZ É O SEU VERDADEIRO SIGNIFICADO. O QUE A GENTE FAZ É MAIOR DO QUE AS PESSOAS PENSAM DE NÓS. A FÉ
SuellyMárquêz

Google

Posts Recentes



Créditos

Blogger

Meiroca

Haloscan

Photobucket

Imageshack

Freebie
 

 

sexta-feira, julho 04, 2008





INGRID







duas fotos, dois momentos, reencontro!
falo sem nenhuma pretensão a qualquer alusão politico- partidária, o meu sentimento é apenas de solidariedade, vendo este momento entre mãe e filha.
Na verdade o que sei sem muita profundidade é que INGRID BITANCOURT, colombiana de nascimento e cidadã francesa por opção, senadora na COLÔMBIA, É LANÇADA Á CAMPANHA PRESIDENCIAL pelo recem formado partido VERDE, em 2002 .
E QUANDO SAI PARA CAMPANHA É SEQUESTRADA pela
Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia–Exército do Povo,FARC, que a tornou prisioneira na selva, vivendo algemada , hoje aos 46 anos, é devolvida á vida de forma talvez das mais originais e inusitada, no momento atual, inacreditável,
governo colombiano- francês atual desde aquela época para a sua libertação o que provocou inclusive problemas internacionais,pois um aviao permaneceu em solo amazonico aguardado a sua captura atraves de LETICIA, que é uma cidade na divisa do BRASIL /COLOMBIA, quando o ministerio das relaçoes exteriores tiveram informações equivocadas(mentirosas, sobre a atuação em solo brasileiro, mas epsodios a parte, relembro meu pai comentar de suas viagem pelo RIO NEGRO, e me encantava a magia das suas palavras, lembrou me INDIANA JONES, meu pai tinha o dom de contar as revelações dos acontecimentos,
mas retorno ao caso INGRID,
o que soube é que ela se comunicava com familiares e ouvia programas de rádios francesas e colombianas, desejou a MORTE,mas resistiu, foi cuidada por um rebelde que descobriu que a farc, tem todos os tipos de remédios na selva mas não utilizam por não saberem pra que uso servem,
perdeu suas forças, mas quando um grupo de resgate cega á selva e consegue enganar os que estavam vigiando e mais outras 3 000 pessoas, negocia dizendo que levará algumas 15 pessoas para encontrar se com o líder da FARC, utilizavamum elicoptero do exercito, e levaram os reféns á LIBERTADE,
Levantaram voo e destino á BOGOTÁ.
MAS O MEU SENTIMENTO ,VENDO MÃE E FILHA É IMENSO,
sei que os filhos vieram da FRANÇA, mas vejam as expressões de mãe e filha em dois momentos,
Ingrid de apenas 46 anos parece mãe de sua mãe,
o sequestro de nós mesmos, deixam marcas indissolúveis em nossas almas,
é como esperar pela morte diante de uma doença fatal,
os traços das faces destas duas mulheres de um mesmo mundo, que se separam pela politica, se distanciam por ideais, mas continuam mãe e filha, O QUE ME MOTIVA A ESCREVER É SABER QUE O DIA DE HOJE EU JÁ TIVE,
O AMANHECER ME ESPERA...
SÓ TENHO O DIA DE HOJE!

 

7 Comments:

Blogger  said...

Minha linda!
Linda postagem de homenagem para Ingrid, penso que ela fará um belo livro com direito a filme e tudo, e se eu morasse na Colômbia e ela se candidatasse a Presidência eu votaria nessa MULHER DE FERRO E DIVINA.

Querida irmã tem mimos para ti lá em casa, não esquesse de pegar.

Beijos de boa semana e fique na paz do Senhor nosso Deus e que ele te abençoe junto aos seus.

Rô!

7 de julho de 2008 20:34  
Blogger Sonia H. said...

Oi, Suelly,
Primeiramente quero agradecer a tua sempre agradável visita ao meu blog, demonstrando tanta sensibilidade e carinho. Muito obrigada!
Como você disse no teu post, política à parte, para mim também foi uma emoção muito grande vê-la ser libertada junto com os outros reféns.
Espero sinceramente que outros muitos ainda tenham a mesma sorte e que estas famílias possam se reunir novamente. Foi comovente ver o reencontro de Ingrid com sua mãe, seus filhos.
Um beijo para você e tenha ótimos dias.

7 de julho de 2008 21:50  
Blogger Susanna Martins said...

Tenho certeza que ela sentiu como se tivesse nascido de novo, o reencontro... a vida que veio junto com a felicidade!!
Beijooo, Sú!!

8 de julho de 2008 18:22  
Blogger elisabete said...

Suelly

Vc é uma mulher tão linda ,tão intensa!!

amei conhece-la,vc é especial amiga!

9 de julho de 2008 13:13  
Blogger Denise said...

Oi, amiga
De fato um reencontro emocionante, depois de seis longos anos de sofrimento e expectativa, mas cheios de esperança.Grande relato cronológico.
Bjs e um ótimo findi.
Denise

11 de julho de 2008 10:27  
Blogger Roseane, said...

E eu sabia menos que você, agora me interessei pela história dela e quero saber mais. Vou pesquisar por aí...bom findi amiga!!!

11 de julho de 2008 12:45  
Blogger Adri /Dri /Drika said...

Muito emocionante mesmo, fico imaginando quanto sofrimento ela passou ate chegar nesse momento... Bjoka ;)

12 de julho de 2008 10:31  

Postar um comentário

<< Home