TEM PESSOAS QUE AMAM AS PESSOAS ENQUANTO ELAS TEM UTILIDADE EM NOSSAS VIDAS MAS O AMOR NAO É ISTO. VOCE PODE DEIXAR DE CAMINHAR , NAO PODE FAZER MAIS A COMIDA FAVORITA PRA SUA FAMILIA. É AI QUE SOBRA O AMOR. A HORA QUE PASSA A NOSSA UTILIDADE QUE ENCONTRAMOS QUEM NOS AMA. QUANDO EU DEIXO DE SER ATRATIVO NA VIDA DAS PESSOAS PERSISTIRA O AMOR. SE VOCE PERDER OS SEU TALENTOS , ACREDITE, QUE ENQUANTO SOBRAR AQUILO QUE VOCE É, VAI SOBRAR O SEU VERDADEIRO SIGNIFICADO COMO PESSOA. O QUE VOCE FAZ É O SEU VERDADEIRO SIGNIFICADO. O QUE A GENTE FAZ É MAIOR DO QUE AS PESSOAS PENSAM DE NÓS. A FÉ
SuellyMárquêz

Google

Posts Recentes



Créditos

Blogger

Meiroca

Haloscan

Photobucket

Imageshack

Freebie
 

 

segunda-feira, maio 05, 2008


A PONTE MAIS IMPORTANTE
Você saberia dizer qual é a ponte mais importante do mundo?Talvez muitas imagens de mega-construções tenham passado pela sua mente neste instante, mas seguramente nenhuma delas é a mais importante, embora todas sejam úteis.
Agora imagine uma mãe com seu bebê no colo...Imagine o neném sugando o leite materno enquanto a mãe o acaricia e o envolve em terno carinho...Sem dúvida, uma imagem divina!
Agora imagine uma criança deitada sobre o peito de seu pai, enquanto o pai passa suavemente a mão sobre suas costas...Outra cena comovente, com certeza...
Mas, afinal de contas, o que isto tem a ver com a ponte mais importante do mundo?Tem, e muito.
Esses pequenos gestos são os alicerces que sustentarão a ponte mais eficiente e mais importante da vida: a ponte do diálogo.
Muitos pais desconhecem que é desde os primeiros dias de vida de seus bebês que a ponte do diálogo deve ser iniciada.
Os pais que sabem disso começam a conversar com o filho enquanto este ainda se move no ventre materno. E o neném responde, ao seu modo.
Mas quando esse importante meio de comunicação e união não é construído, as conseqüências podem ser desastrosas, pois um precipício pode se abrir entre pais e filhos.
Desatentos para essa realidade, muitos genitores crêem que somente quando o filho for jovem é que deverão se preocupar com uma aproximação.
Ledo engano!
Não é raro que muitos pais se desesperem quando tentam dar um passo na direção do filho e só encontram um profundo vazio...Não há ponte... Não há como se aproximar...Perplexos, os pais gritam. Também em vão...Os filhos não os ouvem.
Não há entendimento. Só há um grande e triste distanciamento...
"Onde foi que eu errei?", perguntam-se. Mas não ouvem resposta alguma.Encontrarão a resposta fazendo uma retrospectiva de suas atitudes para com os filhos,desde o momento em que eles chegaram ao mundo.
As cenas são quase sempre iguais, mudando apenas o cenário e os personagens.O filho pequeno, que ainda não sabe se comunicar com palavras, é extremamente sensível aos gestos dos pais, mas é tratado como se fosse apenas um boneco, sem razão nem sentimentos...
Não é digno de atenção, pois não sabe se expressar...Outro equívoco, pois logo as crianças demonstram sua indignação agindo com rebeldia ou violência, ou se isolando do mundo.
Por todas essas razões, e outras mais, é importante pensar nessa ponte de afeição que liga as criaturas.
Ela precisa ser construída com cuidado, usando-se os melhores sentimentos de ternura, atenção e respeito, os únicos que são eficientes e duráveis.
Por mais que avance a tecnologia, que se tenha mil modos de comunicação, nada substitui o diálogo caloroso entre os familiares.
E não basta apenas estar junto, não basta oferecer o peito ao bebê e ficar com a mente e o coração distantes.
Não é suficiente sentar-se na mesma poltrona, ligar a TV e ver um bom filme. É preciso estar junto, sentir o coração pulsando, os olhares fugidios, os medos escondidos.
Considere tudo isso e comece, ainda hoje, a construção dessa ponte de ternura que aproximará você de quem você ama.
Não permita que a erosão da indiferença abra valas intransponíveis entre você e os seus amores! Aproxime-se, de corpo e alma, enquanto ainda há tempo...Quando a ponte do diálogo é construída sobre as bases da confiança e do respeito mútuo, não há nada capaz de derrubá-la, e as relações afetivas estarão sempre preservadas.

Eu passei pela minha vida construindo pontes, e por elas meu filho tem caminhado e nos dias de hoje tenta construir as suas proprias pontes para que sua filha SARAH possa caminhar, compreendi nos ultimos dias o quao dificil é a sociedade moderna,seus conceitos suas novas formas de viver e quando se tem uma educação maturada nos conceitos paternais ,ficam mais dificil edificar o alicerces de suas novas pontes, compreendi que ele teve que aceitar viver mais só, para seguir seus principios, sem a companhia de sua filha, pois de acordo com seus conceitos assim era necessario,hoje entendo que não é o tempo que ele fica com a filha que lhe dá maior crescimento espiritual , mas a qualidade deste tempo, pois eles ficam dois dias juntos e sentem um amor tão grande como se fosse a eternidade, eu compreendo, eu aceito, agora as pontes serão deles dois, e esta ponte nunca os separa, mas sempre os liga pois é
A PONTE DO AMOR!
e os vejos de mãos dadas ja´atravessando esta ponte que só existe no mundo fisico, pois no mundo espiritual nada os separará,e nem ninguem,
È necessario existir amor para educar uma criança, é necessario ter paciencia, é necessario ter tempo,
é necessario esquecer se de sí para se entregar aos ANJOS que DEUS nos permite cuidar,
Uma palavra bastaria, de DEUS ,para que tudo mudasse e eu confio nele, e tenho certeza que ele fará o melhor, já que não me permite fazer,
mas obrigado meu DEUS, POR ELES EXISTIREM NA MINHA VIDA,
EU CONTIGO SOU MAIS!!!

 

4 Comments:

Blogger Roseane, said...

Muito bonito isso que você escreveu. É uma boa reflexão para tod@s nós também. Sobre seu comentário lá no meu blog, queria te dizer que já estive em Londres e entrei na casa da rainha. Já falei isso por lá, separei os links dos textos e das fotos, vou te enviar por email, caso queria mostrar para linda Sarah. Que sua semana seja maravilhosa. Bjks

6 de maio de 2008 07:52  
Blogger Patti said...

Sabia que o símbolo chinês para a palavra crise é uma ponte?

7 de maio de 2008 15:31  
Blogger 1/4 de Fada said...

As suas palavras são muito sábias, eu conheço profundamente o seu significado. Tenho 2 filhos gémeos, um rapaz e uma menina, hoje com 17 anos, que nasceram antes do tempo. O Pedro passou mal, e a nossa presença junto dele, o toque das nossas mãos e o som da nossa voz foi importantíssimo para que ele se agarrasse à vida. Obrigada pela vosita e pelo texto tão bonito.
Beijos.

10 de maio de 2008 22:22  
Blogger Denise said...

Querida Suelly
Estou passando rapidamente por aqui para lhe dar um beijo e avisar que ficarei um pouco afastada, pois perdi meu pai esse fim de semana. Quando retornar quero ler todo seu blog de onde eu parei, já vi o foto da sua princezinha,coisa mais linda!!!!

Denise

19 de maio de 2008 09:27  

Postar um comentário

<< Home